Obras do Parque Urbano poderão arrancar já no início de 2021, e está previsto o seu alargamento no futuro

O projecto do Parque Urbano apresentado pela autarquia (de cinco hectares) é menor do que aquele que foi proposto pelo PS nas últimas eleições Autárquicas. Em conversa com a Azeméis.NET, Joaquim Jorge revela que está pensada uma segunda fase para o futuro, onde podem estar incluídas outras respostas que não estão contempladas nesta primeira fase.

0

Se tudo correr como o esperado, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis revela que estarão reunidas as condições para que as obras daquele que será o futuro Parque Urbano, localizado na Quinta dos Borges – que já apresentámos aqui – possam arrancar já no início de 2021.

“Esperamos muito em breve ter o projeto de execução, porque neste momento estamos a falar apenas do projeto de execução. Neste caso concreto ainda não temos o projeto desenvolvido. A proposta vencedora [que foi apresentada aqui] ainda vai ainda desenvolver o projeto de execução. É um projeto que está muito mais atrasado do que o projeto do Mercado”, afirma Joaquim Jorge. E avança: “Esperamos que a obra arranque em 2021”

Sobre o novo Parque Urbano o presidente diz que será uma obra que afirmará a competitividade do concelho, e não dúvida que satisfará a necessidade dos oliveirenses. “Hoje as pessoas exigem este tipo de respostas no espaço público. São respostas importantes, que as pessoas valorizam, e ajuda a pluralizar o desenvolvimento da cidade. Nós queremos que a cidade tenha estes corredores verdes, que tenha estes pulmões verdes, tenha estas áreas de lazer e de estadia, e estas áreas que para além de desenvolver hábitos de vida saudáveis, podem ser espaço onde se podem desenvolver actividades culturais, onde se cria relação, onde as pessoas se deslocam”, consideram.

Mais espaço e mais equipamentos na segunda fase de construção

A construção do Parque da Cidade fazia parte de uma lista de promessas do Partido Socialista nas últimas eleições Autárquicas. Contudo, no projeto idealizado a área do Parque Urbano era bem maior. Joaquim Jorge revela em conversa com a Azeméis.NET que é ideia deste executivo camarário alargar o Parque Urbano no futuro mediante a resposta manifestada pelos oliveirenses.

“Sou da opinião de que os oliveirenses vão usar massivamente este Parque Urbano, e a utilização massiva desse Parque Urbano é que vai justificar a sua expansão, e, portanto, nós vamos ter a possibilidade de estender este Parque Urbano para áreas substancialmente superiores”, argumenta o presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis

E conclui: “Naturalmente se este Parque tiver o sucesso que nós esperamos que ele venha a ter, aquilo que nós desejamos é que este Parque possa crescer e possa incluir muitas outras respostas que neste momento não estão contempladas. Não temos um conjunto de campos para a prática desportiva que podem ser exequíveis e importantes numa segunda fase”.

Veja as declarações na íntegra do presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis clicando na tecla play do vídeo que se segue

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here