Suspensão da tarifa de águas residuais por tempo indeterminado vai custar 240 mil euros/ano ao município

0

O executivo camarário aprovou, por unanimidade, em reunião de Câmara realizada na quinta-feira, dia 16 de abril, a suspensão da taxa do tratamento de águas residuais na fatura da água dos consumidores com efeito imediato e por tempo indeterminado. O líder do município de Oliveira de Azeméis, Joaquim Jorge Ferreira, garante que o custo será suportado pela autarquia até que seja encontrada uma fórmula que vá ao encontro daquilo que são as expectativas das famílias oliveirenses e que estas não sintam o aumento da fatura da água de uma forma tão siginificativa.

Joaquim Jorge deu conferência de imprensa no seu gabinete através de videoconferência

“Se demorarmos seis meses, oito meses ou um ano a encontramos esta solução será por este tempo que a tarifa será suspensa”, afirmou Joaquim Jorge na conferência de imprensa realizada através de videoconferência, avançando ainda que esta medida custará cerca de 240 mil euros/ano (ou seja, 20 mil euros/mês) aos cofres da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis.

Veja as declarações do presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, Joaquim Jorge, a falar sobre a suspensão do tarifário e o seu custo clicando na tecla play do vídeo que se segue.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here