Rosinha: “Gostava muito de provar os zamacóis”

A cantora Rosinha esteve à conversa com Azeméis.NET. Foi a artista que mais vezes atuou no nosso concelho e revela o desejo de provar o doce típico do nosso concelho.

0

A popular cantora portuguesa Rosinha foi muito provavelmente a artista que mais tempo passou no nosso concelho durante este verão. Andou a cantar “Eu levo no Pacote”, “Eu seguro no pincel”, “Eu lavo a Amêijoa” ou “Eu Faço de Coentrada”, ou “Eu Descaco-lhe a Banana” pelas Festas de La Salette em Oliveira de Azeméis, de São Sebatião, em Ossela, e, por fim, as de São Luis em Figueiredo, no Pinheiro da Bemposta.

Rosinha já tinha estado pelo nosso concelho no passado, e a cidade de Oliveira de Azeméis não é propriamente desconhecida para a cantora. Pernoito algumas vezes quando calha em caminho de espectáculo em espectáculo“, confessa a artista em conversa com Azeméis.Net. E apesar da falta de tempo, Rosinha confessa que há um sítio que já visitou na cidade. “Já fui á igreja matriz de Oliveira de Azeméis”, revela.

Aos 47 anos, a artista mantém cuidado com a linha, mas adora doces. E durante a conversa é possível perceber que é uma conhecedora das tradições da nossa cidade
“Gostaria muito de provar os zamacóis”, diz.

Queremos estar mais perto de si. Subscreva a nossa Newsletter.

3 coisas que tem de saber sobre a Rosinha

. O seu verdadeiro nome é Rosa Maria
. Estuda acordeão desde os 10 anos de idade.
. Os óculos de sol são, para além de uma imagem de marca, uma proteção para um problema de visão.

O concerto de Rosinha nas Festas de La Salette em imagens

Carregue no vídeo para ver o best of do concerto da cantora nas Festas La Salette em cinco minutos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here