Ricardo Tavares questiona legalidade de execução do último contrato assinado entre a autarquia, Indáqua e ATSM. PSD quer revogação do acordo

Na entrevista que concedeu ao Azeméis.NET, o líder da oposição no executivo camarário revela que contrato assinado em Dezembro de 2018 entre a autarquia com a Indáqua e a Associação das Terras de Santa Maria não foi discutido nem aprovado em Assembleia Municipal. Dada a forma como o assunto foi gerido, poderá acontecer que a taxa relativa ao aumento do acordo feito com a ATSM tenha de ser revogada, e os oliveirenses poderão ser vir a ser ressarcidos de possíveis de valores pagos em excesso decorrentes desta negociação. Veja o vídeo que se segue onde se pode ver o excerto da entrevista onde Ricardo Tavares aborda este tema.

0

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here