Procissão das Velas 2020. Padre José Manuel Lima: “Para o ano vai ser melhor, mas este ano foi excepcionalmente bela”

A Procissão das Velas decorreram em moldes diferentes este ano, mas a devoção manteve-se inalterável. O pároco de Oliveira de Azeméis considera até foi o ano em que houve uma maior proximidade entre devotos e Nossa Senhora. Veja como foi a entrada na Igreja Matriz de Oliveira de Azeméis.

0

Num ano excepcional, uma procissão de velas excepcional. 2020 ficará marcado como o ano em que a imagem de Nossa Senhora de La Salette passou por casas e sítios que até aqui era inimaginável que acontecesse. Foi a procissão das velas mais longa de que há memória, mas no final todos tinham o sentimento que tinha valido muito a pena.

“Para o ano ano vai ser melhor, mas este ano foi excepcionalmente bela e certamente que Maria está contente por cada um de nós”, declarou o padre José António Lima na chegada à Igreja Matriz de Oliveira de Azeméis, onde estavam presentes dezenas de devotos.

O pároco de Oliveira de Azeméis é da opinião que este ano as pessoas puderam sentir um pouco mais de intimidade na Procissão das Velas. A razão é simples: com as pessoas espalhadas pelas ruas da cidade, os devotos de Nossa Senhora de La Salette conseguiram sentir uma proximidade maior e um olhar mais sentido.

No final, uma surpresa. Aqueles que assim quisessem tiveram a permissão para entrar na Igreja Matriz de Oliveira de Azeméis para saudar Nossa Nossa Senhora de La Salette no silêncio de cada coração presente.

Veja como foi a entrada de Nossa Senhora de La Salette na Igreja Matriz de Oliveira de Azeméis, onde irá permanecer até ao próximo domingo, dia 9 de agosto, clicando na tecla play do vídeo que se segue:

AZEMÉIS.NET é uma magazine digital (criada em agosto de 2019) pensada em promover o que de melhor se faz em Oliveira de Azeméis. É um projeto que olha para o nosso concelho, e a nossa gente, pela positiva e que quer puxar pelo orgulho oliveirense. Procuraremos ser a pegada digital para demonstrar que Azeméis é realmente vida... e que somos vivos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here