Miguel Araújo, dos Paradigma: “A Liberdade acaba por andar de mãos dadas com os conceitos de justiça social e de fraternidade”

Durante a quarentena a banda oliveirense gravou a música "O Poeta", um tema que se foca no tema Liberdade.

0

Os Paradigma, uma jovem banda do nosso concelho composta pelos oliveirenses Miguel Araújo, na guitarra e voz, Samuel, na bateria, e Monteiro, no baixo, lançaram na altura das celebrações do 25 de Abril deste ano uma música de liberdade, gravada numa versão caseira feita em plena quarentena. Chama-se “O Poeta”, pode ouvir na parte de cima deste artigo, e foi uma das primeiras músicas que a banda de Oliveira de Azeméis lançou incluída no primeiro CD DEMO “Perdidos no tempo”, em 2013.

O Azeméis.NET esteve a conversa com o líder da banda, Miguel Araújo, que nos contou história deste tema, revelou os bastidores da gravação da música, e diz o que é para si a Liberdade.

Azeméis.NETOlá Miguel, como surgiu a ideia de gravarem esta música, “O Poeta”?

Miguel Araújo – Com a aproximação da data comemorativa dos 46 anos da Revolução dos Cravos e tendo em conta o período de confinamento em que vivemos decidimos gravar uma música para celebrar a liberdade e a cultura. “O Poeta” fez parte das nossas primeiras experiências de gravação, estando incluído no nosso primeiro disco DEMO ” Perdidos no Tempo”, de 2013. Sendo esta uma música que se foca no tema, decidimos regravá-la para lançar no dia 25 de Abril.

Quanto tempo demorar a produzir este tema?

No que toca ao tempo que demoramos, começamos a gravar na quarta feira, 22 de abril, em Coimbra. Eu e o baixista João Monteiro estamos a passar o período de quarentena juntos em Coimbra. Na quinta-feira enviámos as guias com as gravações de base para o Samú, o baterista que se encontra em Oliveira de Azeméis, que depois nos enviou nessa mesma tarde a gravação da bateria. Entretanto, fomos adicionando alguns elementos, fazendo algumas experiências e no sábado publicámos o resultado final.

Qual a sensação do grupo em gravar uma musica com estas restrições?

Bem, naturalmente é diferente. O facto de eu e o Monteiro estarmos juntos acaba por facilitar um pouco as coisas, mas sem o Samu presente é mais difícil, até porque é menos uma pessoa a ter ideias. Ainda assim, hoje em dia as facilidades técnicas que todos dispomos tornam estes processos mais acessíveis e acabam por amenizar alguns problemas.

“Como ‘putos’ nascidos mais de 20 anos depois de 1974 temos uma “dívida” para com aqueles que lutaram para que hoje possamos viver mais livremente”

Miguel Araújo, Paradigma

Uma última pergunta. Todo os elementos do grupo nasceram muito tempo depois do 25 de Abril de 1974. Para vocês qual é a definição e sentido de Liberdade ?

Bem, será impossível resolver uma questão filosófica tão ancestral em tão poucas linhas, sobretudo no que toca a uma questão como esta [risos]. No entanto, diria que o conceito de liberdade pode ter várias dimensões, mas acaba por andar muitas vezes de mãos dadas com os conceitos de justiça social e de fraternidade entre as pessoas e da sua própria consciência. Como “putos” nascidos mais de 20 anos depois de 1974 temos uma “dívida” para com aqueles que lutaram para que hoje possamos viver mais livremente, não esquecendo porém que é importante preservar esses valores e continuar a elevar esses ideais.

AZEMÉIS.NET é uma magazine digital (criada em agosto de 2019) pensada em promover o que de melhor se faz em Oliveira de Azeméis. É um projeto que olha para o nosso concelho, e a nossa gente, pela positiva e que quer puxar pelo orgulho oliveirense. Procuraremos ser a pegada digital para demonstrar que Azeméis é realmente vida... e que somos vivos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui