Preparador físico da equipa de hóquei em patins da UD Oliveirense revela como os jogadores mantêm a forma

0

O tempo actual obriga a que todos fiquem em casa para que seja minimizado a pandemia por efeito do vírus COVID-19. Mas estar em casa não é sinónimo de estar quieto. Pelo menos para a equipa de hóquei em patins da UD Oliveirense. Como pode ver no vídeo ali em cima (disponibilizado pela UD Oliveirense e que também está publicado na página de Facebook e de Instagram do clube) os jogadores continuam a trabalhar no duro. Mas em regime de teletrabalho. Substituíram o pavilhão Dr. Salvador Machado pelas suas casas orientados à distância pelo preparador físico que elaborou um plano de treinos para os jogadores

Apesar da paragem, o trabalho continua duro. Só há dois dias de folga por semana, e os jogadores estão obrigados a registar o seu peso todos os dias. Quem revela isto mesmo é Nuno Cerqueira, preparador físico da equipa de hóquei em patins da União Desportiva Oliveirense (também é da selecção nacional), na conversa que teve com o Azeméis.NET. Ele conta ainda como é que a equipa mantém a forma física e fala sobre as especificidades de alguns jogadores como Vítor Hugo ou Jordi Bargalló.

Nuno Cerqueira, preparador físico da equipa de hóquei em patins da UD Oliveirense, fez um plano de treinos para os tempos de quarentena

“Os jogadores seguem um plano de treinos para todos. Existem treinos que são iguais para todos, que são exercícios de força, cardiovasculares com os tempos de esforço e recuperação marcados por mim, tendo em conta a preparação o melhor possível para o hóquei. Nada de muito tempo nem de muito prolongado. E dessa forma tentar simular ao máximo aquilo que é o esforço de um treino de hóquei em patins. E depois existem alguns exercícios que são diferenciados tendo em conta o que cada um precisa. Por exemplo vemos o Vitor Hugo a fazer passadeira porque é um jogador tem algumas preocupações em termos de peso, vemos os jogadores mais velhos como o Jordi e o Mark a utilizarem mais os treinos de patins para não perderem habilidades e para tentar potenciar o que eles mais usam no hóquei que é a sua técnica individual”, diz Nuno Cerqueira.

O objectivo para por tentar que os jogadores consigam treinar em casa sem precisarem de muito material e assim consigam estar em boa forma física logo que se inicie o campeonato. “Não se sabe bem como, mas temos de estar preparados para que seja a qualquer momento”, acrescenta.

AUDIO. Nuno Cerqueira, preparador físico, a explicar o plano de treino elaborado para os jogadores da UD Oliveirense

Ansiedade, folgas e peso controlado

Que tipo de consequência é que uma paragem desta pode ter nos jogadores profissionais? Nuno Cerqueira responde: “Uma paragem desta tem sempre implicações, porque mesmo estando a todos os dias a parte física, eles têm apenas folga a quarta-feira e ao domingo. O treino físico existe mas não há treino de pista, não há treino de patins, não existem aquelas sensações de toque de bola, patinar e a parte táctica. Tudo isto não está a acontecer de forma correcta. Aqui a tentativa é manter os níveis físicas o mais semelhante aquele que seria o treino normal”.

Contudo, a nível físico é possível manter bons níveis físicos. “Os nossos jogadores são cumpridores e do ponto de vista físico não têm problema”, afirma Nuno Cerqueira, acrescentando que neste momento sente que os jogadores estão focados nesta missão.. mesmo no meio de alguma ansiedade. “O que eles gostam de fazer é de jogar hóquei em patins. Tenho falado com eles regularmente e sinto que o foco está lá. Estão ansiosos que o campeonato recomece”, afirma.

Os jogadores estão ainda sujeitos a um plano nutricional adaptado, por parte do nutricionista do clube Luís Silva, “que fez os ajustes necessários”. E há lugar para pouca margem de erro. “Eles têm de me enviar o peso no final de cada dia“, informa Nuno Cerqueira a finalizar.

AUDIO. Nuno Cerqueira revela o comportamento dos jogadores de hóquei em patins da UD Oliveirense
AZEMÉIS.NET é uma magazine digital (criada em agosto de 2019) pensada em promover o que de melhor se faz em Oliveira de Azeméis. É um projeto que olha para o nosso concelho, e a nossa gente, pela positiva e que quer puxar pelo orgulho oliveirense. Procuraremos ser a pegada digital para demonstrar que Azeméis é realmente vida... e que somos vivos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here