Autarquia continuará a oferecer refeições take away, cabazes de compras e a apoiar o arrendamento até ao final do ano

Dada a pouca procura por parte dos oliveirenses, a autarquia decidiu prolongar as candidaturas às medidas tomadas devido à crise económica provocada pelo vírus COVID-19. A suspensão dos parquímetros na cidade é que não é prolongada, e Joaquim Jorge explica porquê.

0

A Câmara Municipal decidiu prorrogar os prazos de candidatura para as medidas de apoio devido à crise provocada pelo vírus COVID-19 dirigidas às famílias e ao movimento associativo e formação aos clubes desportivos e associações.

No pacote de medidas de apoio às famílias resultantes da crise económica provocada pelo vírus COVID-19, a autarquia tinha disponibilizado 4 000 refeições take away e 800 cabazes de compras no valor de 25 €/cada.

Estas medidas não tiveram a adesão esperada , como revela o presidente da autarquia em conversa com o Azeméis.NET, e, por isso, o prazo de candidatura às medidas de apoio foi prolongado até ao final deste ano. Para Joaquim Jorge “esta prorrogação é importante para que mais associações e mais famílias tenham oportunidade de usufruir dos apoios que foram criados”.

E apesar de as refeições take away terem neste momento pouca procura por parte dos oliveirense, o presidente da Câmara Municipal considera que o cenário pode mudar quando os capazes acabarem (que neste segmento é a oferta mais apetecível).

Veja a descrição das duas medidas referidas nos dois quadros que se seguem

Oferta de 800 cabazes de compras de 25€ em produtos alimentares (bens essenciais) adquiridos em estabelecimentos comerciais do concelho, para agregados familiares que tenham perdido 20% do seu rendimento, e cujo rendimento do agregado seja inferior a 3 SMN (salários mínimos nacionais).
Valor da medida: 20 000 €
Data limite de Candidatura: 31 de dezembro 2020
Oferta/entrega de 4 000 refeições TAKE-AWAY, confecionadas por restaurantes e IPSS do concelho aderentes, para agregados familiares que tenham perdido 20% do seu rendimento, e cujo rendimento do agregado seja inferior a 3 SMN (salários mínimos nacionais).
Valor da medida: 20 000 €
Data limite de Candidatura: 31 de dezembro 2020

A verba de 20 000 € destinada ao apoio ao movimento associativo e formação aos clubes desportivos e associações também ainda não foi gasta. A nova data limite de inscrição para as associações é o dia 31 de agosto de 2020.

O apoio ao arrendamento também constava nas medidas de apoio COVID-19. Estãp 35 00 € reservados, e os oliveirenses poderão que preencherem os requisitos de candidatura poderão fazê-lo até ao fina do mês de agosto.

Reforço da verba para apoio ao arrendamento com o montante de 35 000€ aplicável a pessoas individuais que tenham perdido 20% do seu rendimento e com salário inferior a 1,5x SMN, ou para os agregados familiares que tenham perdido 20% do seu rendimento, e este tenha passado, em resultado da crise pandémica, a ser inferior a 3 SMN.
Valor da medida: 35 000 €
Data limite de Candidatura: 31 de dezembro 2020

Como fazer?

Só terá de preencher e assinar um formulário (disponibilizado aqui) e enviar para o e-mail covid19@cm-oaz.pt. Ou então deslocar-se ao Gabinete do Munícipe instalado no edifício da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis.

Suspensão dos parquímetros não será prolongada

Uma das medidas implementadas pela autarquia aquando do surto provocado pelo vírus COVID-19 foi o de suspender o pagamento de estacionamento de superfície no centro da cidade até ao dia 31 de junho.

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis explica que esta medida não foi prolongada uma vez que a atividade económica tem voltado ao seu normal, e é necessário haver um ordenamento de estacionamento na cidade para evitar os estacionamentos abusivos. Pode ouvir as declarações de Joaquim Jorge sobre o tema clicando na tecla play do vídeo que se segue.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here