Os únicos dados divulgados pela autarquia de Oliveira de Azeméis, e que o Azeméis.Net compartilha todos os dias na sua página de Facebook, é o número total de infetados desde o início da pandemia, e durante a última semana introduziu um novo elemento, que o Azeméis.Net já faz regularmente, que é informar sobre o aumento de casos de dia para dia.

Quanto ao número de pacientes recuperados e o número de óbitos, a regra continua a ser que estes dados continuem a ser confidenciais. Os últimos dados divulgados pela autarquia, e que são do conhecimento público, e que a taxa de recuperação está acima dos 80%.

Apesar dos últimos indicadores, que não são atuais, indicarem uma alta taxa de recuperação, a verdade é que as mortes pelo vírus pandémico de 2020 continuam a ser uma realidade. O presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis confirmou, numa das conferências de imprensa onde abordou o tema Covid-19, que já houve mortes por Covid-19 no concelho, e a realidade não mudou muito. E com os números de infetados a aumentar exponencialmente nos últimos dois meses, não há a certeza que a percentagem do número de recuperados se mantenha. Na última conferência de imprensa em que Joaquim Jorge divulgou as novas medidas da autarquia no combate à Covid-19, voltou a informar que o dado público continua a ser uma taxa de recuperação acima dos 80%.

Entretanto, tem chegado à redação do Azeméis.Net alguns relatos sobre mortes de pessoas do concelho com Covid-19. A mais recente é a morte de Mário Jorge de Miranda Fernandes, um homem de 61 anos, que faleceu no dia 18 de novembro de 2020 no Hospital de São Sebastião, em Santa Maria da Feiras. Várias fontes relatam ao Azeméis.Net a causa da morte. O vírus pandémico de 2020. “Morreu demasiado jovem”, diz uma das fontes contactadas pelo Azeméis. Net.

Um amigo mais próximo confirma que Mário Miranda Fernandes entrou no Hospital São Sebastião, em Santa da Feira, com Covid-19, ficou internado durante três semanas por causa do vírus pandémico 2020, e acabou por falecer.

AZEMÉIS.NET é uma magazine digital (criada em agosto de 2019) pensada em promover o que de melhor se faz em Oliveira de Azeméis. É um projeto que olha para o nosso concelho, e a nossa gente, pela positiva e que quer puxar pelo orgulho oliveirense. Procuraremos ser a pegada digital para demonstrar que Azeméis é realmente vida... e que somos vivos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui