Escultor oliveirense imortaliza os irmãos Vicente e Matateus, duas lendas d’ Os Belenenses

0

O Clube Futebol Os Belenenses comemorou o seu centenário e entre várias iniciativas das comemorações dos seus 100 anos, o clube lisboeta imortalizou duas das lendas do clube: os irmãos Vicente Lucas, atualmente com 84 anos, e “Matateu” (que tinha o nome verdadeiro de Sebastião Lucas da Fonseca). Matateu é mesmo considerado como símbolo maior do clube da cruz de Cristo. Jogo com a camisola da equipa de Belém ao peito entre 1951 e 1963 , sendo ainda hoje o melhor marcador de sempre do clube no Campeonato Nacional, com 209 golos. No total foram 291 jogos oficiais pelo Belenenses, nos quais marcou 217 golos. Faltou- lhe ser campeão, mas do seu currículo faz parte uma Taça de Portugal na época 1959- 60.

Para imortalizar as duas figuras lendárias a Comissão da Comemoração Centenário d’Os Belenenses encomendou dois bustos ao escultor oliveirense António Mota: um de Vicente e outro de Matateu que agoro estão na parede da porta principal do Estádio do Restelo, em Lisboa.

Em entrevista ao Azeméis.NET, o escultor natural de Nogueira do Cravo que a oportunidade da realização deste dois bustos surgiu “através da comissão das comemorações do centenário do clube Belenenses” uma vez que “alguns elementos da comissão tinham conhecimento da minha obra”, nomeadamente pelo facto de ter feito em abril um busto do Padre António Melícias, segundo nos confidencia o próprio escultor.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas sentadas, bebé e interiores
António Mota a dar os últimos retoques do Padre Vitor Melícias sob o olhar atento do próprio

Os dois bustos das duas figuras lendárias d’Os Belenenses demorou “cerca de dois meses” a ficar concluído. E este foi um trabalho que fez recuar o escultor António Mota aos tempos de infância, quando acompanhou os tempos dourados da equipa de Belém. “Na infância gostava do Belenenses, ver o Vicente e o Matateu a jogar”, revela ao Azeméis.NET.

António Mota é um ilustre escultor do concelho de Oliveira de Azeméis e o seu talento é reconhecido a nível nacional. “Já realizei muitos bustos, de salientar: Ferreira de Castro, Ferreira da Silva, ultrapassa as duas dezenas. Estátua do comendador Fernando Pinto Teixeira, da Ferpinta, o Menino em Oliveira de Azeméis, e muitos outros”, enumera o artista ao Azeméis.NET. Veja na galeria que se segue alguns dos trabalhos do escultor natural de Nogueira do Cravo.

AZEMÉIS.NET é uma magazine digital (criada em agosto de 2019) pensada em promover o que de melhor se faz em Oliveira de Azeméis. É um projeto que olha para o nosso concelho, e a nossa gente, pela positiva e que quer puxar pelo orgulho oliveirense. Procuraremos ser a pegada digital para demonstrar que Azeméis é realmente vida... e que somos vivos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here