Restaurante Ricoca: Aqui é tudo feito com amor, e o arroz de pato uma perdição

O crítico gastronómico José Sobral cita um poema de Mia Couto para falar e definir o Restaurante Ricoca que reabriu há poucas semanas. "Cozinhar é um modo de amar os outros". Isto para dizer que tudo neste restaurante tudo é feito como amor. O arroz de pato é o prato que mais sucesso faz, e o Pudim Abade Prisco a estrela da companhia nas sobremesas.

0

Espero que tenham tido umas boas férias e possam ter degustado umas belas refeições pelos restaurantes de Oliveira de Azeméis.

Ao retomar as crónicas, a opção recaiu num clássico que está situado no único e majestoso Parque de La-Salette.

O Ricoca voltou a abrir depois de algumas aventuras menos conseguidas. A D. Iolanda Sousa tem a seu lado a Paula Medeiros, uma jovem empreendedora, que tomou conta do “Cinema Gemini” e no Concurso Culinário “Sabores de Azeméis” deu nas vistas recebendo rasgados elogios do conceituado Chefe Cordeiro.

A paisagem é deslumbrante e podemos apreciar um pôr do sol fantástico na excelente esplanada do Ricoca.

A esplanada do Ricoca tem uma vista fantástica

Um espaço acolhedor, simpático, afável e decorado com simplicidade e muito bom gosto.

Podemos começar a nossa aventura gastronómica por uma salada de azeitonas à Portuguesa e um patê de atum delicioso.

Para prato principal, se a opção for peixe recomendo os filetes de pescada dourados ou o gostoso polvo à lagareiro.

Se a opção for carne não podemos desperdiçar a oportunidade de provar o arroz de pato como antigamente que é mesmo muito apetitoso e feito utilizando produtos nobres que dão um gosto especial a este arroz já famoso.

O arroz de pato do Ricoco é uma referência de sucesso

O novilho na chapa pode ser outra opção acompanhada por um saboroso molho de cogumelos.

As sobremesas são irresistíveis, com destaque para o Pudim Abade de Priscos e a mousse de chocolate.

Nas sobremesas, o Pudim Abade de Priscos é a estrela da companhia

A taça de doce de bolacha e o bolo de chocolate e frutos vermelhos são outras opções a ter em linha de conta se depois da refeição decidir dar uma voltinha pelo extraordinário Parque de La Salette.

A carta de vinhos não é muito extensa, mas tem boas referências das mais diversas regiões não esquecendo 7 espumantes que podem servir para abrir o apetite enquanto se contempla a paisagem fabulosa que a esplanada do Ricoca nos proporciona.

O serviço é prestado por jovens muito bem apresentados, atenciosos e a presença na sala da D. Iolanda e da Paula tranquilizam a equipa operativa e clientes.

Não deve perder a oportunidade de aproveitar os últimos dias de sol para degustar uma excelente refeição num espaço mítico e com muita tradição na cidade de Oliveira de Azeméis.

Merece uma visita. E já agora uma referência especial a Mia Couto “Cozinhar é um modo de amar os outros”! Sim, no Ricoca tudo é feito com amor.

Restaurante Ricoca
  • Ambiente
  • Qualidade
  • Serviço
  • Preço
4.1

Sumário

Morada | Complexo das Piscinas de La Salette 
Tipo de Cozinha | Tipicamente portuguesa
Preço Médio: 20 € – 25 €/pessoa
Reserva? | Pode aparecer normalmente para fazer a sua refeição, mas se prefere não correr riscos pode marcar mesa pelo telefone número 912 779 692
Estacionamento
: Fácil | Há vários lugares de estacionamento no exterior do complexo de piscinas. Em agosto, altura de maior movimento, poderá ter mais dificuldades. 

Sending
User Review
4.33 (3 votes)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here