Mercado imobiliário cresce no centro de Azeméis em tempos de crise

Nos próximos tempos o número de novas habitações disponíveis no centro da cidade vai aumentar. Vão nascer novos prédios em frente ao Mercado Municipal, à estação de comboio , e em frente ao agrupamento de escolas Soares Bastos que vai assim resolver um problema com quase duas décadas. No futuro vai começar a ser construído um bloco de apartamentos no pedaço que falta no Largo Luís de Camões.

0

O mercado imobiliário vai crescer em Oliveira de Azeméis num momento particularmente delicado devido às consequências do vírua pandémico COVID-19. Apesar das dificuldades, os seus empresários oliveirenses (e também externos) demonstram vontade em fazer recuperar a economia no nosso concelho.

Em breve, o centro da cidade vai ter dezenas de novos apartamentos à venda, e perspectiva-se que no futuro haja ainda mais soluções para todos aqueles que queiram residir no centro da cidade.


#pub

Entrega de peixe fresco ao domicílio e PROMOÇÃO na Sardinha Fresca de Peniche!

Saiba mais aqui


Há neste momento um bloco de três apartamentos em avançado estado de execução, um outro bloco de prédios já com a estrutura armada mas ainda com os tijolos à vista, um terreno ainda numa fase inicial de construção, e, por fim, um outro terreno já com promessa de construção de apartamentos.

Começamos pelo terreno que ainda está numa fase inicial de construção.

Neste terreno, em frente ao Mercado Municipal, vai nascer um prédio com três andares

Já se deve ter questionado o que irá ser no terreno mesmo em frente à entrada norte do Mercado Municipal que neste momento se encontra ainda em terra batida. Aqui vai nascer um bloco de apartamentos modernos de três andares, apurou o Azemeis.NET. O empresário oliveirense de construção civil, Carlos Pangaio, é o responsável pela construção.

Estão a nascer apartamentos novos em frente à estação de comboio de Oliveira de Azeméis

A discussão sobre a linha do Vouga está sempre entre os temas mais abordados no concelho de Oliveira de Azeméis, mas recentemente foi anunciado que as obras de requalificação desta linha, que liga atualmente Oliveira de Azeméis a Espinho, já estão inscritas no Plano de Investimento do Governo, e num futuro próximo haverá mais soluções habitacionais mesmo em frente à estação de comboio de Oliveira de Azeméis.

As obras estão a cargo da empresa Construções Durvalino que já se encontra a comercializar os imóveis, tal como indica a placa colocada à entrada da obra.

A placa vende-se já se encontra nos novos apartamentos em frente à estação

Em frente ao agrupamento de escolas Soares Basto (na zona do pavilhão desportivo) encontram-se três blocos de apartamentos que estão na fase final de construção, seguido-se ainda os acabamentos.

Estes prédios, mais do que criar uma nova zona habitacional, termina com um grave problema que já durava há quase duas décadas. Como é ainda visível na foto que agora publicamos existe um prédio de cor amarela entre os dois novos prédios construídos.

Os prédio de cor amarela estavam ao abandono há quase duas décadas

O resultado final será o construtor responsável pelos prédios (é de Águeda, segundo apurámos) englobar o antigo prédio ao abandono nas novas construções. Vai aproveitar o que já está feito, e adaptar a construção ao seu projecto.

Por fim, falamos sobre o novo bloco de apartamentos que vai nascer no Largo Luís de Camões, em frente à Fonte Luminosa.

No terreno onde estão agora os cartazes era para ser construído o Azeméis Gran Plaza. Agora está previsto a construção de um bloco de apartamentos com uma pequena galeria comercial

A decisão sobre este tema foi anunciada na última Assembleia Municipal de Oliveira de Azeméis pelo presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, Joaquim Jorge, tal como pode ler clicando no link do artigo que se segue.

Tem alguma coisa para nos dizer? Ou para nos contar? Envie-nos uma mensagem por Whats App

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here