COVID-19. Joaquim Jorge questiona omissão de óbitos no nosso concelho à Administração Regional de Saúde do Norte

0

Depois da diretora técnica do Lar Santa Teresinha, em Cucujães, ter confirmado o falecimento de três utentes infectados pelo vírus COVID-19, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, Joaquim Jorge, já fez saber que terá pressionado a Administração Regional de Saúde do Norte pela falta de informação sobre óbitos no nosso concelho. Até aqui, a autarquia tinha emitido dois esclarecimentos à população. O primeiro a dizer que a DGS (Direção Geral de Saúde) não divulgava óbitos a nível concelhio e o segundo a explicar que o delegado de saúde local se recusava a fornecer os dados.

Na quarta-feira, dia 8 de abril, foi mais longe. Segundo declarações do líder do executivo camarário de Azeméis, a autarquia fez chegar à Administração Regional de Saúde do Norte uma comunicação a questionar o porquê de “outros delegados de saúde fornecerem dados” adicionais em relação aos casos de COVID-19 no concelho e o delegado de saúde em Oliveira de Azeméis “não o fazer”.
E dá como exemplo dessa mesma “falta de informação” os três óbitos confirmados no Lar de Santa Teresinha, em Cucujães. “Eram pessoas que estavam infectadas mas não temos a confirmação de que faleceram por Covid-19”, acrescentou Joaquim Jorge ao jornal Correio de Azeméis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui